sexta-feira, 14 de setembro de 2012

História do menino teimoso

A história do menino teimoso é uma história que conta o que aconteceu, certo dia, ao menino Joaquim.
O Joaquim era um menino muito bonito e brincalhão, mas tinha a mania de ser sempre muito teimoso e traquinas! Sempre que alguém lhe dizia para fazer alguma coisa ele teimava sempre em não a fazer, pelo menos, à primeira vez e sem regatear ali um bom bocado, pondo à prova a paciência das outras pessoas.
A sua mãe dizia-lhe sempre «Joaquim, não sejas tão teimoso! Ainda um dia te hás-de arrepender!», mas o Joaquim não ligava nada àquilo que a sua mãe lhe dizia. Se o chamavam para comer, ele punha-se a correr à volta da mesa; se o chamavam para vestir o casaco, ele afastava-se, teimando não o vestir, sorrindo sempre com o gozo que as situações lhe proporcionavam.
Certo dia o Joaquim estava a brincar com o seu primo, de quem ele gostava imenso, quando o pai os chamou a irem ter com ele à sala. O primo, obediente como era seu costume, largou os brinquedos e foi saber do que se tratava. Já o Joaquim não resistiu em começar a correr de um lado para o outro, troçando com a situação e afastando-se do pai, ao invés de ir ao pé dele.
O pai tinha com ele para lhes oferecer dois deliciosos chocolates, um para cada menino. Quando o primo do Joaquim chegou ao pé do seu tio este perguntou-lhe pelo Joaquim, ao que o menino não soube responder muito bem. O pai olhou em volta e percebeu que o Joaquim estava a pregar mais uma das suas partidas. Então, o pai decidiu-se a mostrar ao Joaquim que ser teimoso tem consequências e deliciou-se ele mesmo com o outro chocolate.
Quando, finalmente, o Joaquim chegou junto do pai e do primo estes já estavam a terminar os deliciosos chocolates. O Joaquim, vendo que eram chocolates como ele tanto gostava, perguntou ao pai pelo chocolate dele, mas o pai já não tinha nenhum para lhe dar e, então, disse-lhe: «Eu chamei-te e tu, como de costume, não obedeceste, Joaquim. Agora é tarde, como não vieste com o teu primo ter comigo, eu julguei que não estivesses interessado no chocolate e comi-o. Estava uma delícia!»
Bem, o Joaquim ficou desolado, mas compreendeu que não podia continuar a ser tão teimoso e traquinas, porque isso só lhe poderia trazer complicações e desilusões.
Desde esse dia prometeu comportar-se melhor, pois teve a oportunidade de sentir como ser teimoso e traquinas pode ser terrível!
Fim

Rosa Branca Silva Pinto
ISBN: 978-989-97783-2-0


Escrito ao abrigo do acordo ortográfico anterior ao de 2009.